André Veríssimo

Diretor, Jornal de Negócios

André Veríssimo, jornalista, é diretor do Jornal de Negócios desde Novembro de 2017. Jornalista há 18 anos, André Veríssimo, faz parte da direção do Jornal de Negócios há mais de três anos. Licenciado em Comunicação Social pela Universidade Católica de Lisboa, começou a carreira, em 1999, na revista Focus, onde foi jornalista de Internacional e Economia. Saiu em 2003 para o Semanário Económico, onde foi coordenador da secção de Mercados e editor de Empresas. Entrou para o Jornal de Negócios no início de 2006, como editor de Mercados. Faz parte da direção do jornal desde o final de 2013, primeiro como diretor-adjunto e depois como subdiretor. No âmbito da sua atividade, André Veríssimo recebeu por duas vezes o prémio de jornalismo económico do Santander Totta / Universidade Nova de Lisboa na categoria de Mercados Financeiros. Nasceu em 1976 e vive em Lisboa.

João Neves

Secretário de Estado Adjunto e da Economia

João Correia Neves nasceu em Ponte de Sor, em 1957. É licenciado em Economia pelo Instituto Superior de Economia em 1980 e Mestre em Administração e Políticas Públicas, pelo Instituto Superior de Ciências do Trabalho e Empresa (ISCTE) em 2003. Foi Secretário de Estado da Economia no XXI Governo Constitucional, entre 2018 e 2019 e Administrador da Empresa Laboratórios BIAL entre 2010 e 2018. Foi vogal do Conselho Diretivo Instituto de Apoio às Pequenas e Médias Empresas (IAPMEI, I.P.) entre 2007 e2010 e foi chefe do Gabinete do Ministro da Economia e da Inovação entre 2005 e 2007. Foi Diretor-Geral da Empresa do Ministério da Economia entre 2004 e 2005 e ainda diretor regional de Lisboa e Vale do Tejo do Ministério da Economia, e Gestor da Medida da Economia do Programa Operacional Regional de Lisboa e Vale do Tejo/QCAIII, entre 2003 e 2004. Foi Diretor-Geral da Indústria de 2001 a 2003 e foi diretor de serviços da Fundação para a Ciência e Tecnologia do Ministério da Ciência e Tecnologia entre 2000 e 2001. Foi diretor de serviços da Direção-Geral da Indústria e delegado nacional do Programa Inovação e PMEs do V Programa - Quadro de I&D da União Europeia de 1997 a 2000. Foi chefe do Gabinete do Secretário de Estado da Indústria e, seguidamente, do Ministro da Economia de 1995 a 1997. Foi quadro técnico da Direção-Geral da Indústria de 1984 a 1995.

Miguel Belo de Carvalho

Administrador Executivo do Santander em Portugal

Desde 2013 é Adjunto da Administração com a responsabilidade da Área Financeira, tendo igualmente liderado a equipa que coordenou a integração dos ativos e passivos do Banif e do Banco Popular Portugal. Foi ainda responsável pelos Negócios Corporate e PMEs entre 2010 e 2013. Com ligação ao Santander desde 1994, passou pelo Santander Brasil, Espanha e Londres. Licenciado em Gestão pela Universidade Lusíada, tendo ainda uma Pós-graduação em Finanças pelo ISEG e frequentado programas de gestão na Kellog e na IESE (São Paulo, Xangai, Madrid).

João Garcia da Fonseca

Chief Executive Officer, Biosurfit

Formado em Engenharia pelo Instituto Superior Técnico e com um PhD pela Universidade Louis Pasteur, fundou a Biosurfit em 2006. Neste momento a Biosurfit está na frente de combate à COVID-19, tendo desenvolvido os testes spinit, que permitem fazer uma avaliação de risco e triagem rápida.

Felipe Ávila da Costa

CEO/Co-fundador da Infraspeak

Felipe Ávila da Costa é CEO/Co-fundador da Infraspeak, a start-up portuguesa que está a revolucionar o Facility Management através da tecnologia, da simplicidade e da eficiência, e co-founder da Founders Founders, um community-driven scale-up incubator. Previamente, foi responsável pelo Pólo Tecnológico e pelo Programa de Aceleração de Startups do UPTEC, onde apoiou o arranque, desenvolvimento e crescimento de mais de 250 start-ups e centros de inovação de grandes empresas. Profundamente envolvido no ecossistema empreendedor português, é um experiente mentor e orador, sendo ainda detentor de um Mestrado em Engenharia Informática e Computação pela Universidade do Porto e um Executive MBA pela Porto Business School. Foi recentemente considerado como um dos "40 Líderes Empresariais do Futuro" em Portugal pela FAE"

Francisco George

Presidente, Cruz Vermelha Portugal

Francisco George nasceu em Lisboa, em 1947. É licenciado em Medicina pela Faculdade de Medicina de Lisboa desde 1973 (distinção). Médico especialista em Saúde Pública, foi delegado de saúde a partir de 1976, primeiro no concelho de Cuba e depois em Beja. Entre 1980 e 1991 foi funcionário da Organização Mundial da Saúde. A seu pedido, uma vez terminada a licença de longa duração, regressou à carreira nacional. Após concurso de provas públicas, obteve a categoria de chefe de serviço de saúde pública, desde 1992. Foi nomeado Subdiretor-Geral da Saúde em 2001 e reconduzido em 2004. Foi Diretor-Geral da Saúde de 2005 a 2017. Foi, a partir de 2005, Professor Associado Convidado da Escola Nacional de Saúde Pública da Universidade Nova de Lisboa. É autor e co-autor de diversos artigos científicos publicados e de documentos sobre identificação, prevenção e controlo de riscos para a saúde pública. É autor dos seguintes livros: “Guia de Clínica Médica”, publicado pela Fundação Calouste Gulbenkian (Lisboa, 1983); “Histórias de Saúde Pública” publicado em 2004, pelos Livros Horizonte; “Prevenir Doenças e Conservar a Saúde”, editado pela Fundação Francisco Manuel dos Santos (2019). Em 2006 foi condecorado com a Ordem do Infante D. Henrique, Grande-Oficial, pelo Presidente da República, Jorge Sampaio. Em 2014 recebeu a Medalha de Serviços Distintos do Ministério da Saúde, Grau Ouro, atribuída pelo Ministro Paulo Macedo. Recebeu, em 2017, do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, a Grã-Cruz da Ordem do Mérito. Também no mesmo ano foi agraciado pela Câmara Municipal de Lisboa com a Medalha de Mérito Social e, em 2019, foi premiado com a Medalha de Ouro do Instituto Politécnico de Lisboa. Em Outubro de 2017 foi eleito Presidente Nacional da Cruz Vermelha Portuguesa e em 2019 Presidente do Conselho de Administração do Hospital da Cruz Vermelha.

Miguel Pina Martins

CEO, Science4you

Miguel Pina Martins é fundador e CEO da Science4you. É licenciado em Finanças, pelo ISCTE, com mestrado de Gestão na mesma instituição. Desde cedo, a política e a possibilidade de encabeçar os seus próprios projetos foram algo que o cativaram tendo, desde os 18 anos, liderado projectos concelhios e distritais e sido eleito deputado municipal no Seixal aos 19 anos de idade. Depois de uma breve passagem pela banca de investimento, sentiu a necessidade de controlar a sua carreira e de definir o seu próprio percurso profissional e, aos 22 anos, passou a liderar um projeto que podia controlar por completo e que representada os valores corporativos e organizacionais em que acreditava. Em 2008, nasce oficialmente a Science4you S.A. - uma empresa portuguesa de brinquedos científicos e educativos que, hoje em dia, é a primeira a nível nacional, a terceira maior do seu sector a nível Ibérico e com uma presença em mais de 50 países. Publicamente reconhecido pelo seu empenho e profissionalismo, foi distinguido com vários prémios: Empreendedor do Ano 2010 (Comissão Europeia); Empreendedor Finicia Jovem 2009 IAPMEI; 1º Prémio da European Entrepise Awards na categoria de Internacionalização a nível Nacional em 2011; Empreendedor nos Prémios Novos 2013; Business Internalization Awards em 2013, por parte do governo britânico; Medalha de Mérito empresarial pela Câmara Municipal de Loures em 2014. Em 2015, foi condecorado pelo Presidente da República com a Ordem de Mérito Empresarial.

Peter Villax

Presidente, Associação das Empresas Familiares

É atualmente CEO da Hovione Capital, Presidente da Associação das Empresas Familiares e Vice- Presidente da European Family Businesses. Tem 61 anos, nasceu em Lisboa, é casado, pai de seis filhos e avô de dois netos. Estudou no Liceu Francês e licenciou-se pela Universidade de Aberdeen (Escócia), em Política e Economia. Iniciou a sua carreira profissional na empresa de semi-condutores International Rectifier (Califórnia), juntando-se, depois, à Hovione como programador. Faz parte Conselho de Administração da Hovione desde 1991. Parte da sua carreira tem sido dedicada à pesquisa e desenvolvimento de terapias de inalação pulmonar, tornando-se um inventor e autor de 11 patentes. Atualmente é administrador de várias empresas onde se destacam a Hovione Capital, uma empresa de capital de risco para a área da saúde, e a Mediceus, operador de dados de saúde anonimizados. É Presidente da Associação das Empresas Familiares desde 2007 e Vice-Presidente da European Family Businesses.

Ricardo Costa

Vereador, Câmara Municipal de Guimarães

Natural das Caldas das Taipas-Guimarães, Ricardo Costa é licenciado em Filosofia e Desenvolvimento de Empresas pela Universidade Católica. Realizou ainda uma pós-graduação em Finanças e Fiscalidade (Faculdade de Economia da Universidade do Porto) e um MBA (Master Business Administration) em Direção Geral de Empresas (EUDEM – Escola de Negócios Espanhola). Pertenceu ao quadro do Banco BPI, como Gerente entre 2007 e 2013, tendo anteriormente desempenhado funções no Banco Português de Negócios, Banco Internacional de Crédito e Banco Espírito Santo, depois de ter ingressado no Millenium BCP. Hoje é Presidente do Centro Social Padre Manuel Joaquim Sousa – IPSS e Vice-Presidente das Termas de Portugal.