Júri

7ª EDIÇÃO •
2019

JÚRI

ALBERTO CASTRO
Professor da Universidade Católica do Porto e Economista

Nasceu em Braga em 1952. Licenciado em Economia pela Faculdade de Economia do Porto. Doutorado pela Universidade da Carolina do Sul. As suas áreas de especialização são economia industrial, economia e estratégia empresarial e internacionalização. Professor na Faculdade de Economia e Gestão da UCP, onde dirige o Centro de Estudos de Gestão e Economia Aplicada. Chairman da Instituição Financeira de Desenvolvimento.Presidente dos Conselhos Fiscais da Mota-Engil e Unicer. Administrador Não-Executivo da Mystic Invest, S.A. Membro do Investment Committee da Portuguese Venture Capital Initiative. Provedor do Cliente do Porto de Leixões. Membro da Direcção da Associação Comercial do Porto. Presidente do Conselho Fiscal da Cruz Vermelha Portuguesa.

ANA PINHO
Presidente do Conselho de Administração e da Comissão Executiva, Fundação de Serralves

Desde Janeiro de 2016 é Presidente do Conselho de Administração e da Comissão Executiva, Fundação de Serralves, e Administradora da mesma Fundação desde Janeiro de 2010. É também Administradora da TAP, SGPS, e integra a Direção da Associação de Turismo do Porto. Desempenha ainda funções como Administradora da Oporto British School e pertenceu à Direção da Associação Comercial do Porto. Foi CEO da UBS Portugal e membro da Comissão Executiva da UBS España tendo exercido igualmente vários cargos na UBS AG. Anteriormente, foi Equity Analyst na Schroder Securities, em Londres e Analista Financeira no Banco Português de Investimentos, no Porto. É Licenciada em Economia pela Faculdade de Economia da Universidade do Porto, detém um MBA pela Cass Business School London e um Corporate Finance Executive Programme pela London Business School. Frequentou vários cursos de arte na Fundação de Serralves, na Sociedade Nacional de Belas Artes, na Christie’s Education London e no Sotheby’s Institute London.

ANTÓNIO BROCHADO CORREIA
Partner e Responsável na PwC da área de Consumer, Industrial Products and Services (CIPS)

É Revisor Oficial de Contas desde 1999. Docente convidado no ensino superior. Sócio de Auditoria desde 2003. Sócio na Consultoria de Gestão durante 7 anos, tendo liderado o departamento entre 2011 e 2013. Possui uma vasta experiência no acompanhamento de alguns dos maiores grupos nacionais. É licenciado em Gestão e Administração de Empresas pela Universidade Católica Portuguesa e possui formação complementar pelo INSEAD.

ANTÓNIO SARAIVA
Presidente, CIP

António Manuel Frade Saraiva é Presidente do Conselho de Administração da Metalúrgica Luso-Italiana. Anteriormente foi Presidente da Direcção da Associação dos Industriais Metalúrgicos, Metalomecânicos e Afins de Portugal (AIMMAP). Desde 2010 que é Presidente da CIP – Confederação Empresarial de Portugal. Actualmente é vogal do Conselho Estratégico da SOFID , Administrador não executivo na COMPTA e Membro do Comité de Controlo Interno da SPGM. Exerce funções em diversas faculdades desde Membro do Conselho de Escola do ISCSP, Membro do Conselho de Curadores do ISCTE e Membro do Conselho Geral Estratégico da Universidade Lusófona. É Comendador da Ordem do Infante.

ANTÓNIO GOMES MOTA
Professor Catedrático, ISCTE Business School

Nasceu em 1958, é licenciado em Gestão (ISCTE), possui um MBA (Nova) e um PhD em Gestão (ISCTE). É Professor Catedrático da ISCTE Business School, onde já foi Director e também Presidente do INDEG. Tem mais de 30 anos de experiência em funções de administração executiva e não executiva empresarial. Presentemente é Vice-Presidente e Lead Independent Director dos CTT, Vogal do Conselho Geral e de Supervisão e Presidente da Comissão de auditoria dos CTT e Presidente da SDC Investimentos. É ainda Vice-Presidente do Instituto Português de Corporate Governance e autor de diversos livros na área de finanças.

ANTÓNIO LOBO XAVIER
Advogado

É licenciado em Direito e mestre em Ciências Jurídico-Económicas, títulos que obteve na Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra; foi Professor Universitário de Política Económica, Finanças Públicas, Direito Fiscal e Direito Administrativo na mesma Faculdade e tem diversas publicações sobre as referidas matérias. Foi, ainda, Deputado e Líder Parlamentar do CDS e recentemente verificou-se a sua reeleição como Presidente da Assembleia Municipal de Penafiel. Actualmente, é Advogado Especialista em Direito Fiscal e sócio da Morais Leitão, Galvão Teles, Soares da Silva & Associados, Sociedade de Advogados. É membro da comissão executiva da Sonaecom, administrador não executivo da Mota-Engil, SGPS, SA, do BPI, SGPS, SA, do Público, SA, e da Riopele S.A. é Presidente da Comissão de Reforma do IRC (2013); nos últimos 9 anos, foi vice-presidente da Fundação de Serralves. Intervém activamente em várias arbitragens, nomeadamente como árbitro do Centro de Arbitragem Administrativa. Há vários anos é comentador residente do programa “Quadratura do Círculo”, da SIC Notícias, sucessor do mais antigo programa de debate político em Portugal – o “Flashback”.

ANTÓNIO VITORINO
Advogado

EMÍLIO RUI VILAR
Chairman, Caixa Geral de Depósitos

Atualmente, é Chairman da Caixa Geral de Depósitos. Anteriormente, desempenhou funções como Administrador não executivo da Fundação Calouste Gulbenkian, a cujo Conselho de Administração presidiu entre 2002 e 2012, e Administrador não executivo da Partex Oil and Gas (Holdings) Corporation. É Presidente do Conselho Consultivo de Fundações e, desde 2013, Vice-Presidente do Conselho de Curadores do Museu Nacional de Arte Antiga, Presidente do Conselho Consultivo do Instituto Português de Oncologia e Presidente do Conselho Geral da Universidade de Coimbra. É membro do Conselho Consultivo do Banco de Portugal. Emílio Rui Vilar foi presidente da REN (2014-15), Presidente do Conselho de Administração da Caixa Geral de Depósitos (1989-1996), Presidente do Conselho de Administração da GalpEnergia (1998-2002), fundador e Presidente do Conselho Geral do Instituto Português de Corporate Governance (2007-10). Foi também Director-Geral da Comissão das Comunidades Europeias (1986-89) e Vice-Governador do Banco de Portugal (1975-84). Na sua carreira política incluem-se, entre outros, os cargos de Ministro dos Transportes e Comunicações (1976-78) e Ministro da Economia (1874-75). É licenciado em Direito pela Universidade de Coimbra (1961) e doutorado Honoris Causa pela Universidade de Lisboa (2011).

FÁTIMA BARROS
Professora Associada, Católica Lisbon Business & Economics

É actualmente Professora Associada na Católica Lisbon Business & Economics. Licenciada em Economia pela Universidade Católica Portuguesa (UCP). Foi Diretora da Católica Lisbon School of Business & Economics e Presidente da ANACOM. Completou o Mestrado em Economia na Université Catholique de Louvain, Bélgica, (1989), foi Research Student na London School of Economics (1990) e obteve o Doutoramento em Economia na Université Catholique de Louvain em 1993. Desenvolveu trabalhos de consultoria nas áreas de telecomunicações e distribuição automóvel e foi coordenadora do Núcleo de Investigação para o Sector Automóvel do Centro de Estudos Aplicados da UCP. Coordenou vários Programas Avançados de Gestão para Executivos da área da distribuição automóvel e economia da regulação e concorrência. Os seus trabalhos de investigação incidem sobre problemas de estratégia, política de concorrência, regulação de mercados e contratos de incentivos.

JOSÉ MANUEL FERNANDES
Presidente do Conselho de Administração, Frezite

Licenciado em Engenharia Mecânica pela Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto. Mini MBA pela Universidade Católica do Porto. É Presidente do Conselho de Administração da FREZIGEST, SGPS, S.A. (Grupo FREZITE – Fundador 1978), desde 2005. Grupo situado em Portugal (Sede), Espanha, Brasil, Reino Unido, Alemanha, República Checa, Finlândia, Polónia e México. É Presidente da PRODUTECH. Presidente da Assembleia Geral da Associação dos Industriais Metalúrgicos, Metalomecânicos e Afins de Portugal desde 2010. Vice-Presidente da Assembleia Geral da Associação Empresarial de Portugal. Presidente da Comissão de Acompanhamento e Fiscalização da Reprivatização dos ENVC. Foi Vice-Presidente da Assembleia Geral do Manufuture Portugal; Vice-Presidente da Direção e Presidente da Assembleia Geral da CIP, de que foi representante no Conselho Nacional do Ambiente e Desenvolvimento Sustentável. Foi Membro da Direção e Vogal da Assembleia Geral da EXPONOR e Membro da Assembleia Geral do EUROPARQUE. Foi Presidente da Direção da Associação dos Industriais Metalúrgicos, Metalomecânicos e Afins de Portugal. Foi representante de Portugal no Commité Européen de L’Outilage. É Líder no movimento Associativo/Empresarial com diversas publicações e artigos em jornais e sabido pelas suas intervenções em palestras e seminários em temas pró competitivos empresariais.

LUÍS AMADO
Chairman, EDP

Natural de Porto de Mós, é licenciado em Economia, e auditor do Tribunal de Contas. Atualmente, é Chairman da EDP. Anteriormente, desempenhou funções como Vice-Presidente do Conselho Geral e de Supervisão da EDP; Consultor internacional, sócio da empresa de consultoria, LAIC; Administrador não executivo da SDM; Curador da Fundação Oriente; Administrador não executivo da Fundação Francisco Manuel dos Santos; Membro do Global Advisory Board da SONAE; Membro do European Council on Foreign Relations; Membro do Board do CIRSD. Foi deputado da Assembleia Regional da Madeira e da Assembleia da República, Secretário de Estado da Administração Interna e dos Negócios Estrangeiros e Ministro da Defesa Nacional, de Estado e dos Negócios Estrangeiros. É Professor catedrático convidado do Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas e da Business School da Universidade Nova. É também académico correspondente da Academia Internacional de Cultura. Recebeu a Grã Cruz da Ordem de Cristo e varias condecorações de governos estrangeiros.

LUÍS MARQUES MENDES
Consultor

É actualmente consultor na Abreu Advogados, desde 2012, e Presidente da Assembleia Geral, Presidente da Direcção e Administrador Executivo de várias empresas. Ao longo da sua carreira desempenhou vários cargos institucionais, dos quais se destacam: Conselheiro de Estado (2005-2007 e desde 2011); Secretário de Estado da Presidência do Conselho de Ministros no XI Governo Constitucional; Ministro Adjunto no XII Governo Constitucional; e Ministro dos Assuntos Parlamentares no XV Governo Constitucional. Foi agraciado pelo Presidente da República com a Grã-Cruz da Ordem do Infante D. Henrique (2008). É autor das obras “Mudar de Vida”, editado em 2008, pela Oficina do Livro e “O Estado em que Estamos”, editado em 2011, pela Matéria Prima. Possui uma licenciatura em Direito pela Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra (1981); está inscrito na Ordem dos Advogados.

MADALENA CASCAIS TOMÉ
CEO, Grupo SIBS

É Presidente da Comissão Executiva do Grupo SIBS desde o final de abril de 2015. Até este momento, assumiu as funções de Diretora de Operações Comerciais da Portugal Telecom. Na PT foi, também, Diretora de Canais Remotos, Online e Novos Canais para o segmento PME. Anteriormente, assumiu as funções de Chefe de Projeto na McKinsey & Company, com enfoque nas indústrias de Banca, Seguros, Telecomunicações e Distribuição, sendo ainda consultora de referência a nível europeu para Retail Banking e Marketing Estratégico. Anteriormente, integrou a unidade de Business Consulting da Arthur Andersen/Deloitte. É licenciada em Matemática Aplicada pelo ISEG e tem uma Pós-Graduação em Estudos de Mercado e CRM pela Universidade Nova de Lisboa.

MIGUEL SETAS
Presidente do CA, EDP Energias do Brasil

No Brasil desde 2008, assumiu, em Janeiro de 2014, a Presidência da EDP Energias do Brasil. Entre 2010 e 2013 desempenhou funções como Vice-Presidente responsável pelo negócio da Distribuição (CEO da EDP Bandeirantes e da EDP Escelsa). Anteriormente, foi, durante 2 anos, Vice-Presidente responsável pelos Novos Negócios, Comercialização e Renováveis. Entrou para o Grupo EDP em 2006, tendo subsequentemente desempenhado diversos cargos como Administrador. Anteriormente, entre outras funções, foi Administrador da Setgás (1999-2001) e Administrador Executivo da Lisboagás (2000-2001). Começou a sua carreira profissional como consultor da McKinsey & Company, onde desenvolveu atividade em setores tão diversos como Energia, Banca, Seguros, Distribuição e Indústria. É formado em Engenharia Física prelo Instituto Superior Técnico, em Lisboa, e fez o MBA na Universidade Nova de Lisboa.

PEDRO REBELO DE SOUSA
Sócio, SRS Advogados

É actualmente Vogal, Não Executivo, do Conselho de Administração, Presidente da Comissão de Estratégia, Governação e Avaliação, e Vogal da Comissão de Auditoria da Caixa Geral de Depósitos; Senior Partner da Rebelo de Sousa & Advogados Associados RL, desde 2009; Vogal, Não Executivo, do Conselho de Administração da Cimpor – Cimentos de Portugal SGPS, desde Julho de 2012; Presidente e Director de várias Instituições nacionais e internacionais, designadamente Instituto Português de Corporate Governance, e Union Internacionale des Avocats Portugal. É Professor associado convidado de várias universidades brasileiras e portuguesas na cadeira de Instituições e Mercados Financeiros / Moeda e Crédito, Direito Internacional Privado e Gestão Estratégica. Entre outros cargos que desempenhou, foi Membro do Board da Simmons & Simmons, em Londres (2004-2009); Sócio da Simmons & Simmons Rebelo de Sousa – Sociedade de Advogados (1993-2009); Fundador e 1º Presidente da Fundação Luso-Brasileira (1993-2004). Possui um Mestrado em Administração de Empresas, pela Fundação Getúlio Vargas – Escola de Administração de Empresas, São Paulo, Brasil; Especialização (Pós-Graduação) em Direito Comercial e Empresarial, pela Universidade Pontifícia Católica, no Brasil; e uma Licenciatura em Direito pela Universidade Clássica de Lisboa. É Comendador da Ordem do Cruzeiro do Sul, Brasil.

RICARDO REIS
Economista e Professor, London School of Economics

Ricardo Reis é professor no departamento de economia da London School of Economics, onde ocupa a cátedra AW Phillips. Está em licença da Columbia University, onde ocupa a cátedra Fundação Eckel, e é o editor do Journal of Monetary Economics, para além de fazer parte de numerosos conselhos editoriais e centros de investigação. É consultor do Banco de Inglaterra e da Reserva Federal americana. Em Portugal, escreve regularmente artigos de opinião para a imprensa desde 2005, actualmente todos os Sábados no Dinheiro Vivo. A sua principal área de investigação é a macroeconomia e ultimamente tem-se debruçado sobre a crise na zona euro e o papel do BCE, o uso de políticas não convencionais pelos bancos centrais, e o comportamento de contratos derivados sobre a inflação. Obteve o seu doutoramento na universidade de Harvard e já leccionou nas universidades de Princeton e de Yale.

ANDRÉ VERÍSSIMO
Director do Negócios

André Veríssimo, jornalista, 41 anos, é director do Jornal de Negócios desde Novembro de 2017. Jornalista há 18 anos, André Veríssimo, faz parte da direcção do Jornal de Negócios há mais de três anos. Licenciado em Comunicação Social pela Universidade Católica de Lisboa, começou a carreira, em 1999, na revista Focus, onde foi jornalista de Internacional e Economia. Saiu em 2003 para o Semanário Económico, onde foi coordenador da secção de Mercados e editor de Empresas. Entrou para o Jornal de Negócios no início de 2006, como editor de Mercados. Faz parte da direcção do jornal desde o final de 2013, primeiro como director-adjunto e depois como subdirector. No âmbito da sua actividade, André Veríssimo recebeu por duas vezes o prémio de jornalismo económico do Santander Totta / Universidade Nova de Lisboa na categoria de Mercados Financeiros. Nasceu em 1976 e vive em Lisboa.