Últimas Edições

1ª EDIÇÃO - 2016/2017

LANÇAMENTO

COBERTURA

FOTOGALERIA

 
 

1ª CONFERÊNCIA

ORADORES

Amândio Torres

Secretário de Estado das Florestas e do Desenvolvimento Rural

É licenciado em Silvicultura pelo Instituto Superior de Agronomia. É Presidente da Assembleia Municipal da Lousã desde 2009. Integrou os quadros do Instituto de Conservação da Natureza e Florestas desde 2012. Foi Presidente da Autoridade Florestal Nacional entre 2010 e 2011. Foi Diretor Nacional de Bombeiros da Autoridade Nacional de Proteção Civil entre 2007 e 2010. Foi Vice-presidente do Serviço Nacional de Proteção Civil entre 2005 e 2006. Foi Subdiretor Geral da Direção Geral das Florestas em 2006. Foi Assessor do Secretário de Estado do Desenvolvimento Rural e Florestas entre 2005 e 2006. Foi Diretor Nacional Adjunto da Autoridade Nacional para os Incêndios Florestais em 2005. Foi Subdiretor Regional de Agricultura da Beira Litoral entre 1999 e 2002. Foi Subdiretor Geral da Direção Geral das Florestas entre 1996 e 1998. Foi nomeado responsável pela Administração Florestal da Lousã em 1981. Iniciou funções na Direção Geral de Ordenamento e Gestão Florestal em 1979.
André Nunes

Aldeia do Mato ZIF, Gestiverde

Nascido em Lisboa a 23 de dezembro de 1979, é licenciado em Engenharia Florestal e dos Recursos Naturais, pelo Instituto Superior de Agronomia, Universidade Técnica de Lisboa. Acumula 12 anos de experiência profissional como técnico florestal. Iniciou a sua carreira na Logística Florestal, S.A. e é nos últimos 5 anos e meio quadro na Gestiverde - Gestão Rural Lda., entidade gestora da ZIF Aldeia do Mato. Promove em conjunto com proprietários rurais a constituição de 2 novas ZIF na região do Médio Tejo.
Carlos Amaral Vieira

Director Geral, CELPA - Associação da Indústria Papeleira

Atualmente é Director Geral da CELPA , Associação da Indústria Papeleira, desde 2016. Foi Director Fabril do Complexo Industrial da Figueira da Foz / Grupo Portucel Soporcel e membro da Direcção do RAÍZ – Instituto de Investigação da Floresta e Papel. Ocupou também o cargo de director de produção da Inapa e da Soporcel, SA e de Director do Departamento Electrónica Naval (J.V. Gellweiller – representante Krupp Electronik – RFA). O seu percurso passou também pelo ensino. Foi professor assistente do departamento de Física do Instituto Superior Técnico (IST), professor assistente de Física Geral – Curso de Arquitectura (ESBAL) e Instituto Superior de Engenharia de Lisboa (ISEL). Matemática Aplicada e Electrotecnia.
Domingos Patacho

Quercus

Francisco Gomes da Silva

Instituto Superior de Agronomia

Atualmente Professor auxiliar do Instituto Superior de Agronomia da Universidade de Lisboa, onde leciona, desde 1987. Sócio fundador da AGROGES, Sociedade de Estudos e Projetos, que iniciou a sua atividade em 1989. Entre muitas outras funções, destaca-se o desempenho do cargo de Secretário de Estado das Florestas e Desenvolvimento Rural do XIX Governo Constitucional. Representante pessoal da Ministra da Agricultura, do Mar, do Ambiente e do Ordenamento do Território do XIX Governo Constitucional no Conselho Estratégico para a Internacionalização da Economia. Assessor do gabinete da Ministra da Agricultura, do Mar, do Ambiente e do Ordenamento do Território do XIX Governo Constitucional. Membro do Conselho de Administração da Agromais Plus, cargo que retomou após cessar as funções governativas. Diretor Agrícola da DAI – Sociedade de Desenvolvimento Agroindustrial (1999-2002). Licenciado em Engenharia Agronómica, pelo Instituto Superior de Agronomia da UTL (hoje Universidade de Lisboa) em 1987. Pós-graduado em Ciências Empresariais, pelo ISCTE, em 1990. Doutorado em Agronomia, pelo Instituto Superior de Agronomia da então UTL, em 1998.
José Júlio Norte

Câmara Municipal de Mortágua

José Gaspar

Escola Superior Agrária de Coimbra

Professor Adjunto do Departamento de Recursos Florestais da Escola Superior Agrária do Politécnico de Coimbra, onde leciona, desde 1990. Entre várias funções, destacam-se o desempenho do cargo de Presidente da Escola Superior Agrária de Coimbra entre 2010 e 2014, no âmbito do Colégio florestal (Regional e Nacional) da Ordem dos Engenheiros, de coordenação de cursos na área florestal, de bacharelato, de mestrado e mais recentemente do CTeSP em Defesa da Floresta. Para além destas funções mantem uma ligação continuada ao movimento associativo através da participação na direção de uma OPF. Formador nas áreas dos Sistemas de Informação Geográfica, da Deteção remota e do Inventário florestal. Consultor em diversos estudos e projetos com uma colaboração frequente com empresas/entidades da área florestal. Licenciado em Engenharia Florestal, pela Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro em 1990. Mestre em Environmental Remote Sensing pela Universidade de Aberdeen - Escócia, em 1995. Doutorado em Ciências Aplicadas ao Ambiente, pela Universidade de Aveiro, em 2005.
Luís Sarabando

Associação do Baixo Vouga

Miguel Teles Branco

Produtor Florestal

Engenheiro Agrónomo, ramo de Economia e Sociologia Rural, pelo Instituto Superior de Agronomia Gerente de uma exploração familiar agro-silvo-pastoril, onde predomina o montado de sobro, desde 1988; Membro da equipa técnica que elaborou o relatório do Programa de Desenvolvimento Agrário Regional (P.D.A.R.) do Baixo Sorraia, como técnico da Federação Nacional das Caixas de Crédito Agrícola Mútuo, F.C.R.L. (FENACAM) e responsável pela elaboração dos estudos “Pecuária” e “Floresta” (1991-1993); Director executivo da Associação de Produtores Florestais de Coruche de Março de 1992 a Março de 1995, e Presidente da Direcção da mesma associação desde Março de 1995 a Dezembro de 2007; Administrador da EQUIPAR, S.G.P.S., S.A., sociedade de participações sociais em industrias de cortiça, desde 1996 a 2005;
Paulo Cavaleiro

Sócio-Gerente, Leitão & Cavaleiro, Lda

Sócio-gerente há 22 anos da Empresa Leitão & Cavaleiro, Lda, que se dedica essencialmente `realização de trabalhos silvícolas atuando em mais de 5000 hectares ano, principalmente em manutenção florestal, plantações, combate ao gorgulho do eucalipto e inventário, etc. Durante o período de verão dedica-se quase exclusivamente ao combate a incêndios florestais (temos 6 brigadas terrestres de combate a incêndios, 4 ligeiras e 2 semipesados além da chefia das três brigadas helitransportadas da Afocelca. Durante o verão além da gerência da empresa acumulo o cargo de chefe de uma das equipas helitransportada de combate a incêndios florestais sediada na zona norte.

PROGRAMA

Recepção dos Convidados | 09H00

Welcome Coffee

Boas-Vindas | 09H30

Carlos Amaral Vieira, Director Geral, CELPA - Associação da Indústria Papeleira

Abertura Institucional | 09H40

Amândio Torres, Secretário de Estado das Florestas e do Desenvolvimento Rural

PAINEL DE DEBATE | A Energização de Boas Práticas | 10H00

Domingos Patacho, Quercus
José Gaspar, Escola Superior Agrária de Coimbra
Miguel Teles Branco, Produtor Florestal
Paulo Cavaleiro, Leitão & Cavaleiro

Coffee Break | 11H00

PAINEL DE DEBATE | Actividade Florestal: Impacto Social e Económico | 11H30

André Nunes, Aldeia do Mato ZIF, Gestiverde
Francisco Gomes da Silva, Instituto Superior de Agronomia
José Júlio Norte, Câmara Municipal de Mortágua
Luís Sarabando, Associação do Baixo Vouga
Moderação: Andreia Vale, Jornalista, CMTV

Sessão de Perguntas | 12H30

Almoço ligeiro (incluído) | 13H00

COBERTURA

FOTOGALERIA

 
 

2ª CONFERÊNCIA

ORADORES

Domingos Lopes

É Professor Auxiliar com Agregação do Departamento de Ciências Florestais e Arquitetura Paisagista, da Universidade de Trás os-Montes e Alto Douro (UTAD). É licenciado em Engenharia Florestal e em Arquitetura Paisagista pela UTAD. É doutorado pela Universidade de Kingston (Londres). Foi Técnico Superior da Divisão de Planeamento e Projetos Florestais, da ex-Delegação Florestal da Beira Litoral (atual ICNF). Desde 1994, é docente da UTAD. Entre 2012 e 2013 foi Professor Adjunto da Universidade Federal de Goiás, Brasil, onde leccionou igualmente Engenharia Florestal, agora em contexto tropical. Foi Diretor do 1º Ciclo de Engª Florestal da UTAD entre 2009 e 2012. Tem concentrado a sua actividade de investigação na temática das alterações climáticas, da quantificação de carbono fixado por ecossistemas florestais, no estudo da importância dos ecossistemas florestais num contexto de alterações climáticas, no estudo e monitorização de florestas mistas em Portugal, entre outros.
Frei Bento Domingues

Ordem de São Domingos, O.P.

Nasceu a 13 de Agosto de 1934, em Travassos. Entrou para o Noviciado na Ordem dos Pregadores (Dominicanos) em 1953. Estudou Filosofia e Teologia em Fátima, Salamanca, Roma e Toulouse. Como Assistente da Juventude da Igreja de Cristo Rei (Porto), em 1962 e 1963, foi responsável pela exposição, O mundo interroga o Concílio, que levantou grande celeuma no Porto e foi encerrada pela PIDE, no 1º de Maio de 1963. Desde 1965, dedica-se ao ensino e à investigação teológica: foi professor no Studium Sedes Sapientiae, no Instituto Superior de Estudos Teológicos (ISET/Lisboa), no Instituto de Psicologia Aplicada, no Centro de Reflexão Cristã, na Escola de Educadoras de Infância – Maria Ulrich – e director do Instituto de S. Tomás de Aquino. Participou com D. Luís Pereira, Bispo da Igreja Lusitana, na primeira Conferência Ecuménica, em Portugal. Tomou parte em várias iniciativas de carácter cívico: no lançamento da publicação clandestina, Direito à Informação; pertenceu ao secretariado da Comissão Nacional de Socorro aos presos políticos, do Comité Português Pró-Amnistia Geral no Brasil; foi membro do Conselho Nacional de Imprensa. É membro do Fórum Abraâmico. A introdução que fez à Segunda Assembleia Livre de Cristãos de Lisboa (7 de Maio, 1974) e à Primeira Assembleia Livre de Cristãos do Porto (9 de Maio, 1974), assim como o texto, A Igreja e o 25 de Abril e a entrevista, A Igreja pode colaborar na Democratização, (Junho 1974) foram considerados, nos meios cristãos, textos de referência para uma Igreja livre num País livre. O Presidente da República, Dr. Jorge Sampaio, conferiu-lhe o grau de Grande-Oficial da Ordem da Liberdade, a 25 de Abril de 2004. Foi-lhe atribuída a medalha de Ouro de Reconhecimento e Mérito, por despacho conjunto da Administração e da Reitoria da Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias, de 19 de Janeiro de 2005. Foi agraciado, pela Assembleia da República, com o Prémio dos Direitos Humanos, juntamente com Dr. Levi Baptista, como membros da Comissão Nacional de Socorro aos Presos Políticos, a 12 de Dezembro de 2010. Foi-lhe atribuído o Prémio Ângelo d’Almeida Ribeiro pela Comissão dos direitos Humanos da Ordem dos Advogados, a 12 de Dezembro de 2010. É ainda Membro Externo da Assembleia do Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa; Membro do Conselho de Ética e do Conselho Cultural do ISPA – Instituto Universitário; Membro da Academia Pedro Hispano, Membro do Conselho Geral da Universidade do Porto. Defensor das causas da Natureza, na conferência desta iniciativa irá partilhar o que pode a Igreja fazer, a nível nacional e local, pela salvaguardar a natureza e a floresta.
Rosário Alves

Forestis (Associação Florestal de Portugal)

É Diretora Executiva da Forestis – Associação Florestal de Portugal, desde 2008, organização em que tem trabalhado, em diferentes funções, desde 1996. É Assessora da Direção do IDARN – Instituto de Desenvolvimento Agrário da Região Norte, desde 2008. É Membro Direção da Associação para Gestão Florestal Responsável-FSC Portugal, desde 2011. Tem integrado vários grupos de trabalho e órgãos consultivos, nomeadamente do Ministério da Agricultura, desde 1998. Foi Perita da Confederação Europeia dos Proprietários Florestais (CEPF) no Comité Consultivo Florestas e Cortiça da DG Agri da Comissão Europeia (2010-2014). Tem colaborado e coordenado diversos projetos nacionais e internacionais, nas áreas da cooperação, investigação e desenvolvimento, em áreas relacionadas com a inovação, economia, políticas florestais, certificação da gestão florestal sustentável, uso da biomassa florestal para fins energéticos ou prevenção de risco de incêndio. Internacionalmente, representa a Forestis na União dos Silvicultores do Sul da Europa (USSE) e na Confederação Europeia dos Produtores Florestais (CEPF). É licenciada em Engenharia Florestal, pela UTAD (1996) e possui um Executive MBA em Comercialização e Marketing pelo IEP (atual Católica Porto Business School, 1999).

PROGRAMA

Recepção dos Convidados | 09H00

Welcome Coffee

Boas-Vindas | 09H30

Carlos Amaral Vieira, Director Geral, CELPA - Associação da Indústria Papeleira

Abertura Institucional | 09H40

Amândio Torres, Secretário de Estado das Florestas e do Desenvolvimento Rural

PAINEL DE DEBATE | A Energização de Boas Práticas | 10H00

Domingos Patacho, Quercus
José Gaspar, Escola Superior Agrária de Coimbra
Miguel Teles Branco, Produtor Florestal
Paulo Cavaleiro, Leitão & Cavaleiro

Coffee Break | 11H00

PAINEL DE DEBATE | Actividade Florestal: Impacto Social e Económico | 11H30

André Nunes, Aldeia do MATO, ZIF, Gestiverde
Francisco Gomes da Silva, Instituto Superior de Mortágua
José Júlio Norte, Câmara Municipal de Mortágua
Luís Sarabando, Associação do Baixo Vouga
Moderação:Andreia Cale, Jornalista, CMTV

Sessão de Perguntas | 12H30

Almoço Ligeiro | 12H30

COBERTURA

FOTOGALERIA

 
 

REUNIÃO DE JÚRI

FOTOGALERIA

 
 

CERIMÓNIA FINAL

ORADORES

Diogo Silveira

CEO, The Navigator Company e Presidente, CELPA

É actualmente Presidente Executivo da The Navigator Company, líder europeu e quinto maior do mundo na produção de papéis finos de impressão e escrita não revestidos. A Companhia é igualmente líder europeu na produção de pasta branqueada de eucalipto e quinto maior do mundo. Diogo da Silveira tem uma licenciatura em Engenharia da École Centrale de Lille, em França, foi research scholar na Berkely UC e completou o MBA no Insead. Iniciou a sua carreira profissional numa grande empresa Japonesa, foi Sócio da Mckinsey & Co e teve assento em vários Conselhos de Administração de empresas líderes portuguesas (Retalho, Telecoms, Seguros, Papel e Pasta de Papel).
Maria Isolete da Silva Torres Matos

Administradora, Sonae Indústria

Licenciada em Engenharia Química, pela Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto, em 1971. Actualmente é administradora da SONAE Indústria. É ainda mandatária distrital, por Viana do Castelo, na candidatura do Dr. Mário Soares à Presidência da República, membro da Assembleia Municipal de Barcelos e dinamizadora do Projecto ELOS – Projecto de Voluntariado da Santa Casa de Misericórdia de Barcelos. Responsável pela Divisão Papel da Europac – Papeles y Cartones de Europa, SA, presidente do Conselho de Administração da Portucel Viana - Empresa Produtora de Papéis Industriais, SA, e vogal dos Conselhos de Administração de mais quatro empresas do Grupo Gescartão, tendo, também, sido, membro das Administrações de outras empresas do mesmo bloco empresarial. Em 1993, integrou o Conselho de Administração da Portucel Viana – Empresa Produtora de Papéis Industriais, SA.
Paulo Américo Oliveira

CEO, Amorim Florestal

Licenciado em economia pela Faculdade Economia do Porto. Exerce actualmente a função de CEO da Amorim Florestal, SA. Desenvolveu toda a sua actividade profissional no Grupo Amorim desde 1991. Exercendo responsabilidades Financeiras em várias empresas do Universo da Corticeira Amorim, até ao ano de 2001. Assumindo, nessa data, a função de CEO da Unidade de Negócios de Aglomerados Compósitos, acumulando até 2015 funções de administrador em diversas empresas no Universo da Corticeira Amorim.

PROGRAMA

Recepção dos Convidados | 16H00

Welcome Coffee

Abertura | 16H30

Carlos Amaral Vieira, Director Geral, CELPA - Associação da Indústria Papeleira

PAINEL DE DEBATE | Indústria Florestal Portuguesa: motor de desenvolvimento da economia nacional | 16H35

Daniel Bessa, Economista e Presidente do Júri Diogo da Silveira, CEO, The Navigator Company e Presidente, CELPA Isolete Matos, Administradora, Sonae Indústria Paulo Américo Oliveira, CEO, Amorim Florestal

Intervenção Institucional | 17H40

Luis Capoulas Santos, Ministro da Agricultura

Critérios de Avaliação das Candidaturas | 17H50

Ana Cláudia Coelho, Directora, Responsável pela Área de Serviços de Sustentabilidade, PwC

ENTREGA DOS PRÉMIOS | 18H00

Porto de Honra | 18H45

COBERTURA

FOTOGALERIA