Afonso Arnaldo

Corporate Responsibility & Sustainability Leader e Partner da Deloitte
É Corporate Responsibility & Sustainability Leader e Partner da Deloitte na Divisão de Impostos Indiretos e de Direitos Aduaneiros em Portugal. Licenciado em Direito pela Faculdade de Direito de Lisboa da Universidade Católica Portuguesa (1996), tem mais de 20 anos de experiência na prestação de serviços profissionais nas áreas de fiscalidade. Tem acompanhado e desenvolvido ao longo da sua carreira vários projetos de responsabilidade social e sustentabilidade, tendo assumido a liderança desta área interna em 2016. Leciona em vários cursos de formação profissional e pós-graduações em Portugal e no estrangeiro e publica regularmente artigos em coletâneas, jornais e revistas especializadas. No ano de 2014 foi membro da Comissão para a Reforma da Fiscalidade Verde.

André de Aragão Azevedo

Secretário de Estado para a Transição Digital
André de Aragão Azevedo nasceu em Lisboa, em 1972. Licenciou-se em Direito pela Universidade Clássica de Lisboa, em 1995. Foi chefe do Gabinete do Secretário de Estado Adjunto e da Saúde de 2008 a 2011. Foi Diretor Executivo de Tecnologia da Microsoft Portugal, desde 2017, tendo ingressado nessa empresa em 2012. Foi assessor parlamentar das Comissões de Assuntos Constitucionais, Negócios Estrangeiros e de Ética da Assembleia da República, entre 2005 e 2008. Foi advogado e assessor jurídico entre 1995 e 2005, em Macau.

António Castro

Diretor geral de Risco e Sustentabilidade, EDP
Foi administrador da EDP Produção e, no plano corporativo, dirigiu as áreas de Relação com Investidores, Planeamento Energético e Ambiente. Formado em gestão pelo ISEG, com MBA em Corporate Finance e estudos avançados no INSEAD e SBE.

António Nogueira Leite

Presidente do CA, Sociedade Ponto Verde
António Nogueira Leite é o novo presidente do Conselho de Administração da Sociedade Ponto Verde (SPV), entidade responsável pela gestão do fluxo específico de resíduos de embalagens. Gestor, administrador e consultor de empresas, António Nogueira Leite é Economista de formação, com grau de doutoramento obtido pela Universidade de Illinois, nos Estados Unidos da América. Nogueira Leite é detentor de um vasto currículo, tendo inclusive integrado o XIV Governo Constitucional como Secretário de Estado do Tesouro e das Finanças (1999-2000). Foi governador (suplente) do Banco Europeu de Investimentos, do Banco Europeu para a Reconstrução e Desenvolvimento e do Banco Inter-Americano de Desenvolvimento. Foi igualmente administrador da Soporcel e presidente do Conselho de Administração da Bolsa de Valores de Lisboa Foi ainda administrador executivo da CUF, da José de Mello Saúde, da EFACEC Capital, da Comitur Imobiliária e administrador (não executivo) da Reditus, da Brisa e da Quimigal. Do percurso de Nogueira Leite, constam ainda os cargos de Vice-Presidente da Comissão Executiva da Caixa Geral de Depósitos, Presidente do Conselho de Administração da Caixa Banco de Investimento e Presidente da Caixa Capital. Foi também presidente do Conselho Geral da OPEX, membro do Conselho Nacional da CMVM, vice-presidente do Conselho Consultivo do Banif Investment Bank, membro do Conselho Consultivo da Associação Portuguesa para o Desenvolvimento das Comunicações e vogal da Direção do Instituto Português de Relações Internacionais. Atualmente, além de presidente do Conselho de Administração da Sociedade Ponto Verde, é professor catedrático da Faculdade de Economia da Universidade Nova de Lisboa, desde 1995 (onde já exerceu as funções de subdiretor e de presidente do Conselho Científico). Nogueira Leite exerce ainda o cargo de administrador da HipogesIberia, S.A. e da EDP Renováveis, S.A (não executivo), membro do Advisory Board da Incus Capital (Madrid) e Presidente da Fórum Oceano - Associação da Economia do Mar (entidade privada sem fins lucrativos. António Nogueira Leite preside ao novo Conselho de Administração da Sociedade Ponto Verde, empresa que há 20 anos é o motor da reciclagem de resíduos de embalagens em Portugal e o grande contribuinte para o cumprimento dos objetivos e metas europeias. Esta entidade gestora desempenhou, e continuará a desempenhar, um papel estratégico na sensibilização e o envolvimento de todos os Portugueses no esforço de separar para reciclar, numa lógica de promover a transição para a economia circular no País.

António Martins da Costa

Membro do Conselho de Administração Executivo EDP
Engenheiro Civil/FEUP, MBA, AMP/ Wharton Business School, IDP/INSEAD é Administrador Executivo do Grupo EDP desde 2006. Começou a sua carreira como Assistente no ISEP em 1976 e mais tarde na EDP, onde trabalhou entre 1981 e 1989. A partir desse ano, mudou para o sector financeiro, tendo desenvolvido atividades no Millennium BCP (1989-2003), primeiro como Diretor Geral e depois como Administrador Executivo de várias empresas de seguros, pensões e de gestão de ativos financeiros do grupo. Foi Diretor Executivo da Eureko B.V. (Holanda), Presidente da Eureko Polska e Vice-Presidente Executivo da PZU (Polónia), entre 1999 e 2000. Regressando ao sector da energia, entre 2003 e 2007, foi Diretor Presidente e Vice-Presidente do Conselho de Administração da EDP Brasil. Em 2007, assumiu as funções de Chairman e CEO da Horizon Wind Energy nos EUA, tendo sido membro da Comissão Executiva do Conselho de Administração da EDP Renováveis desde a sua constituição, em 2008, até 2012. É também Presidente da AMCHAM (Câmara de Comércio dos EUA em Portugal), Presidente do Conselho Estratégico da Proforum – Associação para o Desenvolvimento da Engenharia e Vice-Presidente da APGEI - Associação Portuguesa de Gestão e Engenharia Industrial. É ainda membro do WBCSD e Vice-Presidente do BCSD Portugal.

António Ferreira

Presidente e Managing Director, Claranet Portugal
Atualmente desempenha funções como Managing Director da Península Ibérica e América Latina e membro da Comissão Executiva do grupo Claranet, fornecedor de serviços geridos em Cloud, Security e Workplace, Presidente da Claranet Portugal, ITEN Solutions, Echiron e Inok. Foi um dos fundadores da Esotérica (1994), o primeiro operador privado de Internet em Portugal, diretor de Operações para a Europa do Sul, na Via Networks Inc. USA (1999-2005); fundou a Amen Portugal (2004) e a Lunacloud (2011); foi membro do Conselho Fiscal da APRITEL – Associação de Operadores de Telecomunicações (2004-2010); Presidente da APREGI – Associação de Prestadores de Registos de Domínios e Alojamentos (2003-2010); Vice-Presidente e líder da comissão de hosting da ACEPI – Associação de Economia Digital (2010-2016); vogal não-executivo do Conselho de Administração da DNS.pt. (2014-2016). É Licenciado em Engenharia Informática pelo INSA Lyon (1996) e autor de vários livros sobre temas relacionados com a Internet e a Cloud, em Portugal, Brasil e EUA.

António Almeida Henriques

Vice-Presidente, Associação Nacional de Municípios Portugueses
É também Vice-Presidente da Associação Nacional de Municípios Portugueses (ANMP), Presidente da Secção de Smart Cities da ANMP, Presidente do Conselho Estratégico do Portugal Smart Cities Summit no âmbito da Fundacao AEP e Presidente do Conselho Geral da Fundação FEFAL- Fundação para os Estudos e Formação nas Autarquias Locais 59 anos, casado, com três filhos, é natural de Viseu e advogado de profissão. Anteriormente, entre 2011 e 2013, exerceu as funções de Secretário de Estado Adjunto da Economia e Desenvolvimento Regional do XIX Governo Constitucional, tendo-se destacado no lançamento de programas de política pública como o “Revitalizar” ou o “Valorizar”, na reprogramação estratégica e no avanço da execução do QREN (Quadro de Referência Estratégico Nacional) e na aprovação e implementação do pacote de medidas de apoio às famílias endividadas e de disciplina de práticas bancárias abusivas. Deputado à Assembleia da República nas IX, X e XI e XII Legislaturas, foi vice-presidente do Grupo Parlamentar do PSD na XI Legislatura com a coordenação da área económica, tendo também exercido as funções de vice-presidente da Comissão de Assuntos Económicos da Assembleia da República e de vice-presidente da Delegação da OSCE (Organization for Security and Co-operation in Europe). Como autarca, foi Presidente da Assembleia Municipal de Viseu e da Assembleia da Comunidade Intermunicipal Viseu Dão Lafões. Na vida associativa, foi vice-presidente da CIP - Confederação da Indústria Portuguesa, presidente do CEC/CCIC - Conselho Empresarial do Centro / Câmara de Comércio e Indústria e presidente da AIRV - Associação Industrial da Região de Viseu. Das duas últimas, é também presidente honorário. Mantém uma participação ativa em diversas instituições culturais, sociais e científicas da cidade e região de Viseu. É Comendador da Ordem do Mérito Agrícola, Comercial e Industrial (Classe do Mérito Industrial), por atribuição do Presidente da República Jorge Sampaio, e Presidente Honorário da AIRV.

Arlindo Oliveira

Professor Catedrático, IST
Arlindo Oliveira nasceu em Angola e viveu em Moçambique, Portugal, Suíça e Califórnia. Licenciou-se em Engenharia Electrotécnica e de Computadores pelo Instituto Superior Técnico (IST) e doutorou-se na mesma área pela Universidade da Califórnia em Berkeley, com uma bolsa Fulbright. Foi investigador do CERN, do Electronics Research Laboratory de UC Berkeley e dos Berkeley Cadence Laboratories. É professor distinto do IST, director do INESC e investigador do INESC-ID. Publicou três livros, traduzidos em diversas línguas, e mais de 150 artigos científicos em revistas e conferências internacionais da especialidade, nas áreas dos algoritmos, aprendizagem automática, bioinformática e arquitectura de computadores. Foi administrador de diversas empresas e instituições, assim como presidente do INESC-ID e da Associação Portuguesa para a Inteligência Artificial. É membro da Academia da Engenharia e membro senior do IEEE. Foi presidente do Instituto Superior Técnico entre 2012 e 2019. Recebeu diversos prémios e distinções, entre os quais o prémio Universidade Técnica de Lisboa / Santander por excelência na investigação, em 2009.

Catarina Tendeiro

Diretora de Recursos Humanos AGEAS
Diretora de Recursos Humanos do Grupo Ageas Portugal desde Agosto de 2018, Catarina Tendeiro iniciou carreira em 1995, no Banco BPI, como Human Resources specialist. Foi diretora de Recursos Humanos na empresa de Tecnologias de Informação Teknoland Portugal (2000-2001) e na Frans Maas Logística Palmela (2001-2003), até aceitar o desafio de lançar a IKEA em Portugal, assumindo a Gestão de Pessoa da empresa durante 12 anos. Em Novembro de 2015, Catarina Tendeiro ruma então à área de Consultoria e Fiscalidade, assumindo a direção de Recursos Humanos da KPMG Portugal, de onde saiu para abraçar o atual desafio.

Clara Raposo

Presidente, ISEG
Professora Catedrática de Finanças desde 2010. Foi Professora Associada com Agregação em Finanças, Professora Associada e Professora Auxiliar no ISCTE – Instituto Universitário de Lisboa (2000-2010), University Lecturer of Finance na Said Business School da University of Oxford (1998-2000), Tutorial Fellow of Management no College St. Edmund Hall da University of Oxford (1998-2000) e Assistente Estagiária na Nova SBE (1992-1993). Obteve o doutoramento em Finanças (PhD) pela London Business School (1998), o mestrado em Economia no Queen Mary & Westfield College da University of London (1994) e a licenciatura em Economia na Faculdade de Economia da Universidade Nova de Lisboa (1992), tendo recebido diversos prémios escolares como melhor aluna da licenciatura (Prémio Banco de Portugal), melhor aluna de Econometria (Prémio APS – Associação Portuguesa de Seguradores) e melhor aluna de Estatística I e II (Prémio Companhia de Seguros O Trabalho). Foi bolseira da JNICT/FCT e da Fundação Calouste Gulbenkian entre 1993 e 1998. O seu trabalho de investigação foi publicado o seu trabalho de investigação nas mais revistas académicas da área de Finanças, como The Journal of Finance e Journal of Financial Economics. A sua tese de doutoramento ganhou o Dimitris N. Chorafas Foundation Award em 1997 e em 2008 recebeu o Egon Zehnder International Prize para melhor working paper do European Corporate Governance Institute. Integrou diversas equipas de investigação em projetos financiados pela FCT, tendo desempenhado a função de Investigadora Principal. É administradora independente não executiva da Interbolsa e membro da Direção do IPCG (Instituto Português de Corporate Governance) para o triénio 2019-2021.Foi eleita Sócia-Correspondente da Academia das Ciências de Lisboa a 30 de maio de 2019. É Embaixadora da Aliança ODS – Portugal e integra o Conselho Consultivo do BCSD – Portugal desde 2020.

Elisa Ferreira

Comissária Europeia para a Coesão e Reformas, e ex-Ministra do Ambiente
Comissária Europeia para a Coesão e Reformas, desde 1 de Dezembro de 2019. Antes de assumir o cargo, foi Vice-Governadora do Banco de Portugal (Setembro 2017-Dezembro 2019) e Administradora (Junho 2016-Setembro 2017). Durante todo o mandato no Banco de Portugal foi a representante de Portugal no Conselho de Supervisão do Mecanismo Único de Supervisão. De 2004 a 2016, foi deputada no Parlamento Europeu, para onde foi eleita três vezes (2004, 2009 e 2014). Ao longo do mandato foi a coordenadora do Grupo Parlamentar dos Socialistas e Democratas na comissão parlamentar dos Assuntos Económicos e Monetários. Foi igualmente relatora (responsável), co-relatora e relatora “sombra” de algumas das propostas legislativas mais importantes da legislatura, incluindo os pacotes “six-pack” e “two pack” de reforma do Pacto de Estabilidade e Crescimento, o Regulamento de Recuperação e Resolução Bancária (BRRD) e o Regulamento de criação do Mecanismo Único de Resolução (SRM). Entre 2002 e 2004 foi deputada à Assembleia da República. Elisa Ferreira foi Ministra do Planeamento de Portugal (responsável pelas negociações e execução do Quadro Comunitário de Apoio) entre 1999 e 2002. Entre 1995 e 1999 foi Ministra do Ambiente. Entre 1992 e 1994 foi Vice- Presidente executiva da Associação Industrial Portuense. Antes, trabalhou na Comissão de Coordenação da Região Norte, de que foi Vice-Presidente de 1988 a 1992. Em paralelo, foi membro do Conselho de Administração do Instituto Nacional de Estatística. Elisa Ferreira é licenciada em Economia pela Universidade do Porto, e tem um Mestrado (1981) e um Doutoramento (1985) pela Universidade de Reading, no Reino Unido. É professora na Faculdade de Economia da Universidade do Porto (com funções suspensas).

Fernando Medina

Presidente da Câmara Municipal de Lisboa e Presidente do Conselho Metropolitano da Área Metropolitana de Lisboa
Fernando Medina Maciel Almeida Correia nasceu em 1973, no Porto. É licenciado em Economia, pela Universidade do Porto, e mestre em Sociologia Económica, pelo ISEG, com uma tese sobre a globalização económica numa perspetiva histórica. Foi assessor do INOFOR durantes os anos de 1998 e 2000, membro do Grupo de Trabalho do Ministério da Educação durante a presidência portuguesa da União Europeia, entre 1999 e 2002, assessor do primeiro-ministro para as áreas da educação, ciência e tecnologia, entre 2000  e  2002,  e  assessor  do  presidente  da Comissão Executiva da Agência Portuguesa para o Investimento. Durante os XVII e XVIII Governos Constitucionais foi, respetivamente, secretário de Estado do Emprego e da Formação Profissional e secretário de Estado Adjunto do ministro da Economia. Em 2011, foi cabeça de lista do Partido Socialista e eleito deputado à Assembleia da República pelo círculo de Viana do Castelo. Nas eleições autárquicas de 2013, foi eleito vereador, e designado vice-presidente da Câmara Municipal de Lisboa, com os pelouros das Finanças, Recursos Humanos e Turismo. Em 2015, com a renúncia do então presidente António Costa, assume a presidência da autarquia. Em 2017, na sequência de eleições autárquicas, toma posse como presidente da Câmara Municipal de Lisboa, para o mandato 2017/2021. Presidente da Câmara Municipal de Lisboa e Presidente do Conselho Metropolitano da Área Metropolitana de Lisboa.

Filipe Almeida

Presidente, Portugal Inovação Social
Atualmente Presidente da Estrutura de Missão Portugal Inovação Social, a entidade que assegura a coordenação e gestão da iniciativa pública Portugal Inovação Social, programa pioneiro na Europa que mobiliza cerca de 150 milhões de euros de fundos da União Europeia para promover a inovação e o empreendedorismo social e dinamizar o mercado de investimento social em Portugal. É também docente da Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra (FEUC) e investigador do Centro de Estudos Sociais (CES/FEUC) e do Centro de Estudos Cooperativos e da Economia Social (CECES/FEUC). Foi subdiretor da FEUC, coordenador de mestrado e de relações internacionais, e membro eleito do seu Conselho Científico. Tem doutoramento em Administração pela EBAPE/FGV (Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas da Fundação Getúlio Vargas, Rio de Janeiro, Brasil) e doutoramento em Gestão de Empresas pela FEUC. É também mestre em Ciências Empresariais pela FEUC, tendo frequentado o programa de MBA na Virginia Polytechnic Institute and State University (EUA). É autor e co-autor de artigos e de livros nos campos da ética e do comportamento humano, entre os quais se destacam: “Ética, Valores Humanos e Responsabilidade Social das Empresas” (Princípia, 2010), “A Fraude Académica no Ensino Superior em Portugal. Um estudo sobre a ética dos alunos portugueses” (IUC, 2015) e “Introdução à Gestão de Organizações” (Escolar Editora, 2016).

Francisco Ferreira

Presidente, ZERO – Associação Sistema Terrestre Sustentável
Professor Associado no Departamento de Ciências e Engenharia do Ambiente, Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa (FCT-NOVA) e investigador do CENSE (Centro de Investigação em Ambiente e Sustentabilidade). É licenciado em Engenharia do Ambiente pela FCT-NOVA, mestre por Virginia Tech nos EUA e doutorado pela Universidade Nova de Lisboa. Tem um significativo conjunto de publicações nas áreas da qualidade do ar, alterações climáticas e desenvolvimento sustentável. Foi Presidente da Quercus de 1996 a 2001 e Vice-Presidente entre 2007 e 2011. Foi membro do Conselho Nacional da Água e do Conselho Nacional de Ambiente e Desenvolvimento Sustentável. Atualmente é o Presidente da “ZERO – Associação Sistema Terrestre Sustentável”, uma organização não-governamental de ambiente com atividade nacional.

Francisco Veloso

Dean, Imperial College Business School
Francisco Veloso é, desde Agosto de 2017, o Diretor (Dean) da Imperial College Business School. Antes disso, foi Diretor da Católica Lisbon School of Business & Economics, onde era também titular da Cátedra NOS em Inovação e Empreendedorismo. Francisco mantém uma posição como Professor Catedrático Convidado na Universidade de Carnegie Mellon, onde trabalhou durante uma década. A sua investigação foca-se em inovação e empreendedorismo de base tecnológica. Tem várias dezenas de publicações em revistas científicas de referência e ganhou vários prémios pelas suas contribuições. É também um educador dedicado, tendo supervisionado 15 dissertações de doutoramento, 5 das quais ganharam prémios internacionais. Contribui regularmente como administrador não executivo, consultor e assessor de startups, empresas estabelecidas, universidades e governos em todo o mundo. Presidiu ao Conselho Consultivo da Associação Portuguesa dos Business Angels e foi membro dos Conselho Nacional de Empreendedorismo e Inovação e Conselho Nacional de Ciência e Tecnolocia para o Governo de Portugal. Fez ainda parte do órgão consultivo de alto nível RISE - Research, Innovation and Science Experts para o Comissário Europeu da Ciência, Tecnologia e Inovação. Francisco tem um doutoramento em Gestão de Tecnologia e Políticas Públicas pelo Massachusetts Institute of Technology (MIT), bem como um MSc em Economia e Gestão de Ciência e Tecnologia pelo ISEG e uma Licenciatura em Engenharia de Física pelo Técnico, ambas as escolas da Universidade de Lisboa.

Isabel Barros

Administradora Executiva, Sonae MC
Isabel Barros é Administradora Executiva da Sonae MC e Não Executiva da Sonae Indústria, cargos que acumula com a Presidência da APED (Associação Portuguesa de Empresas de Distribuição) e Comissão Executiva da CIP ( Confederação Empresarial de Portugal). É atualmente Presidente do Grupo Consultivo de Sustentabilidade das empresas Sonae e conta com mais de 20 anos de experiência nas áreas de Gestão e Desenvolvimento de Talento, em contexto nacional e internacional. Durante o ano de 2019 foi distinguida com o prémio global Leading Women Awards na categoria ‘Excelência’ pelo WBCSD (Conselho Empresarial Mundial para o Desenvolvimento Sustentável), com enfoque no reconhecimento de mulheres líderes com contributo diferenciado no que toca aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODGs). Também em 2019 assumiu o cargo de vice-presidente do BCSD (Conselho Empresarial para o Desenvolvimento Sustentável), associação sem fins lucrativos que agrega e representa mais de 90 empresas de referência em Portugal, que se comprometem ativamente com a transição para a sustentabilidade. Desde 2015, integra o Conselho Executivo da Junior Achievement Portugal (JAP), congénere portuguesa da maior e mais antiga organização mundial de educação para o empreendedorismo, sem fins lucrativos. Isabel integra a Sonae em 2011, com a responsabilidade de reposicionar a Sonae em matéria de Gestão de Talento, desenhando as principais políticas para o Grupo e assegurando o desenvolvimento personalizado dos seus quadros de topo. Previamente, a sua carreira iniciou-se no Grupo Ibersol (grupo empresarial que integra o PSI-20), tendo-se desenvolvido na consultoria estratégica, onde, integrando a Korn Ferry – Hay Group, desenvolveu projetos nos mais diversos setores de atividade e em ambiente internacional. Licenciada em Psicologia pela Universidade do Porto e com um MBA da EADA Business School Barcelona e da Nagoya International School Japan, Isabel Barros é frequentemente oradora e professora convidada em fóruns sobre gestão de talento e liderança, partilhando o seu conhecimento e experiências nestes domínios.

Isabel Ucha

Managing Board Member, Euronext e CEO Euronext Lisbon
Isabel Ucha é Presidente do Conselho de Administração da Euronext Lisbon, a empresa que gere a Bolsa de Valores em Portugal, e é também Presidente da Interbolsa, a Central de Valores Mobiliários em Portugal. Exerce ainda o cargo de Administradora da Euronext N.V., um grupo multinacional que integra várias bolsas europeias. Isabel Rute Ucha da Silva é licenciada em Economia pela Universidade Católica, detém um mestrado em Economia pela Universidade Nova, e um Master Degree in Finance pela London Business School. A nível profissional, e entre outras atividades, exerceu o cargo de Assessora para os Assuntos Económicos do Primeiro Ministro durante 4 anos, dirigiu o Núcleo de Emissões e Mercados da Agência de Gestão da Tesouraria e da Dívida Pública  - IGCP,  desempenhou funções na Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), e foi sócia executiva de uma empresa de consultadoria durante cerca de 7 anos. Simultaneamente, tem acumulado funções docentes na Universidade Católica lecionando vários programas de economia e finanças (Economics, Corporate Finance, Economics of Finance, Economics of Regulation, European Economics, Portuguese Economy, Corporate Governance).

João Castello Branco

Presidente, BCSD e Chairman, The Navigator Company
Desde Julho 2015, João Castello Branco é Presidente da Comissão Executiva da Semapa e desde Outubro de 2019, Presidente do Conselho de Administração da The Desde Julho 2015, João Castello Branco é Presidente da Comissão Executiva da Semapa e desde Outubro de 2019, Presidente do Conselho de Administração da The Navigator Company e da Secil – Companha Geral de Cal e Cimento. Até Julho de 2015, foi Diretor do Escritório Ibérico da McKinsey & Company, empresa onde ingressou em 1991. João Castello Branco tem uma Licenciatura em Engenharia Mecânica pelo Instituto Superior Técnico e um MBA pelo INSEAD. Antes de se juntar à McKinsey, trabalhou no centro de desenvolvimento de motores da Renault, em França.

João Eifânio

Chief Sales Officer/B2C, Altice
Anteriormente foi Diretor de Produtos e Serviços B2C da PT com um papel determinante na definição e implementação da estratégia para os mercados de voz fixa, voz móvel, banda larga e serviços convergentes, como o lançamento em Portugal e de uma das primeiras soluções convergentes 4P/5P de Europa. Entre 2008 e 2015, foi Diretor do Segmento Pessoal na TMN e Diretor Executivo da UZO, tendo sido responsável pelo lançamento da marca, bem como pelo lançamento do 1º MVNO em Portugal com os CTT. Foi ainda Administrador não executivo da PT Contact, entre 2011 e 2014. No grupo PT desde 1996, possui vasta experiência no setor das telecomunicações nas áreas de desenvolvimento e gestão de produtos e serviços, canais de distribuição, equipamentos de cliente, pricing, estratégia e gestão de programa de fidelização, gestão de CRM, Business Intelligence e Big Data. Licenciado em História, realizou MBA em Marketing e Comunicação, formação Avançada em Gestão de Telecomunicações e formação adicional em Liderança e Transformação Organizacional, respetivamente pela Universidade Nova de Lisboa, Universidade Católica de Lisboa e pela Lisbon MBA. Participa regularmente em fóruns de discussão do sector e é membro de várias entidades nas áreas de Marketing e Transformação Digital.

João Wengorovius Meneses

Secretário Geral, BCSD Portugal
Licenciado em Gestão, já exerceu diversos cargos de gestão e liderança nos sectores público e privado, bem como no terceiro setor. Entre outras funções, foi presidente da TESE, uma ONGD bastante ativa em Portugal e nos PALOP, coordenador do GABIP Mouraria na Câmara Municipal de Lisboa, Secretário de Estado da Juventude e do Desporto no XXI Governo Constitucional de Portugal e, mais recentemente, general manager de um fundo de investimento para business angels e de uma aceleradora da Porto Business School (Universidade do Porto). Foi, também, professor convidado em duas universidades portuguesas durante cerca de dez anos.

Joana Portugal Pereira

Autora do Sexto Relatório de Avaliação (AR6) do IPCC, Investigadora convidada do Imperial College London (CEP/ICL), Professora em Planeamento Energético
Professora adjunta do Programa de Planejamento Energético (PPE) do Instituto Alberto Luiz Coimbra de Pós-Graduação e Pesquisa de Engenharia (COPPE/UFRJ) (Rio de Janeiro, Brasil) e investigadora convidada no Centro de Política Ambiental (CEP) do Imperial College London (Londres, R.U.). Atua como cientista e autora dos relatórios de avaliação (AR6) do Grupo de Trabalho III do Painel Intergovernamental sobre Alterações Climáticas das Nações Unidas (IPCC). As suas áreas de interesse debruçam-se sobre a avaliação de trajetórias energéticas de baixo carbono compatíveis com a estabilização do aquecimento global e outras dimensões dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) propostos na Agenda 2030. Ao longo dos últimos nove anos de atuação profissional independente, tem vindo a desenvolver ferramentas de modelação energética e ambiental de apoio a decisores políticos para definir estratégias de mitigação de alterações climáticas e de promoção de co-benefícios económicos e ambientais. Enquanto especialista em alterações climáticas, atuou como consultora em diversos projetos internacionais na região da Ásia-Pacífico e América Latina que resultaram em metas nacionais (NDC) submetidas no Acordo de Paris. Foi Investigadora na unidade técnica de apoio ao Grupo de Trabalho III do IPCC (20017- 2019), desenvolvendo atividades de coordenação científica nos relatórios especiais sobre Clima e Terra e Trajetória de Aquecimento de 1,5°C. Anteriormente foi investigadora de pós-doutoramento e professora convidada no Programa de Planejamento Energético (PPE) do COPPE/UFRJ (2013-16), desenvolveu trabalhos sobre políticas de energia e clima para o Instituto de Estudos Avançados das Nações Unidas (UNU-IAS, Japão) (2012) e o Instituto do Banco Asiático de Desenvolvimento (ADBi, Japão) (2010-12). Licenciada (Instituto Superior Técnico, Universidade de Lisboa) e doutorada (Universidade de Tóquio) em Engenharia do Ambiente.

Jorge Moreira da Silva

Diretor da Cooperação para o Desenvolvimento, OCDE
É, desde 2016, Diretor da Cooperação para o Desenvolvimento na OCDE, em Paris.  É Presidente do think-tank Plataforma para o Crescimento Sustentável, que fundou em 2011.  Foi Ministro do Ambiente, Ordenamento do Território e Energia, entre 2013 e 2015. De 2009 a 2012, liderou a área de Novos Mecanismos Financeiros para Energia e as Alterações Climáticas no Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), em Nova Iorque. De 2006 a 2009, foi Consultor do Presidente da República nas áreas da Ciência e Ambiente. Foi Secretário de Estado do Ambiente e do Ordenamento do Território (2004-2005), Secretário de Estado da Ciência e Ensino Superior (2003-2004), Deputado à Assembleia da República (2015, 2005, 1996) e Deputado ao Parlamento Europeu, tendo sido o Relator Permanente para as alterações climáticas (1999-2003) e o Relator da Diretiva que estabeleceu o Sistema Europeu de Comércio de Emissões de Gases com Efeito de Estufa aprovada em 2003.  Foi docente universitário e consultor do Banco Europeu de Investimento (BEI) e da Comissão Europeia.  É licenciado em Engenharia Eletrotécnica (área de Energia) pela Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto, com uma pós-graduação em Alta Direção de Empresas pela AESE/IESE Business School da Universidade de Navarra.

José Ferrari Careto

Diretor, Digital Global Unit, EDP
Licenciado em Economia pela Nova School of Business and Economics de Lisboa é, atualmente, diretor da Digital Global Unit, responsável pelo programa de transformação Digital e de IT do grupo EDP. Anteriormente foi responsável pela Direção Corporativa de Marketing e Cliente e administrador da EDP Comercial e da EDP Soluções Comerciais. Desenvolveu grande parte do seu percurso profissional no setor das Telecomunicações, onde foi administrador ou diretor de várias empresas de telecomunicações (i.e. Optimus, Novis, Sonae Redes de Dados, Oni e Maxitel) e administrador do regulador nacional (ANACOM). Foi vice-presidente da APDC (Associação Portuguesa para o Desenvolvimento das Comunicações (APDC), tendo iniciado a sua carreira nos CTT - Correios de Portugal.

João Carlos Frade

Partner & Head of Operational Risk, Deloitte
É Partner da divisão de Risk Advisory da Deloitte para os setores de Produtos, Serviços, Utilidades e Recursos e Indústrias não Financeiras. Licenciado em Economia pela Faculdade de Economia da Universidade Nova de Lisboa em 1993, tem uma Pós-Graduação em “Gestão Estratégica” pela Universidade Católica Portuguesa em 2000. Tem sido responsável pela supervisão de múltiplos projetos de sustentabilidade, nomeadamente, elaboração ou revisão de manuais de suporte ao reporte de sustentabilidade; o apoio na definição/revisão de estratégias e planos de melhoria em sustentabilidade; realização de benchmarks sectoriais nestes domínios; processos de mapeamento e auscultação de stakeholders; apoio à redação de relatórios de sustentabilidade; elaboração ou revisão de inventários e esquemas de compensação de emissões de GEE, pegada hídrica, entre vários outros.

João Pedro Matos Fernandes

Ministro do Ambiente e da Transição Energética
João Pedro Soeiro de Matos Fernandes nasceu em Águeda, em 1967. Licenciou-se em Engenharia Civil pela Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto em 1991 (opção de Planeamento Territorial) e concluiu o Mestrado em Transportes no Instituto Superior Técnico, em Lisboa, em 1995. Entre 1990 e 1995 trabalhou na Comissão de Coordenação da Região Norte (Ordenamento do Território), tendo sido o coordenador do setor dos transportes. Foi Adjunto do Secretário de Estado dos Recursos Naturais entre 1995 e 1997 e Chefe de Gabinete do Secretário de Estado Adjunto da Ministra do Ambiente entre 1997 e 1999. Foi Administrador da Quarternaire Portugal, Consultoria para o Desenvolvimento, SA, entre 1999 e 2005. Foi Vogal do Conselho da Administração dos Portos do Douro e Leixões entre abril de 2005 e maio de 2008 e Presidente do Conselho de Administração da Administração dos Portos do Douro e Leixões entre abril de 2008 e maio de 2012. Foi Presidente do Conselho de Administração da Administração do Porto de Viana do Castelo desde a sua criação (janeiro de 2009) até maio de 2012. Foi Presidente da Associação dos Portos Portugueses, entre abril de 2008 e abril de 2010. Foi Docente do Instituto Superior Técnico (Infraestruturas) e do Instituto Superior de Transportes (Impactos Energéticos e Ambientais dos Transportes). Lecionou como convidado em mestrados nas Universidades do Porto, Técnica de Lisboa e de Nápoles. Tem inúmeras participações públicas e como docente convidado na área dos Transportes, Infraestruturas e Território. Entre junho de 2012 e dezembro de 2013 foi assessor do Conselho de Administração das empresas Terminais do Norte e Portos do Norte (Grupo Manica), assumindo funções de gestão do Porto de Nacala, em Moçambique. Foi Presidente do Conselho de Administração da Águas do Porto de janeiro de 2014 a novembro de 2015. Foi Ministro do Ambiente no XXI Governo Constitucional, desde novembro de 2015.

João Neves

Administrador da Comissão Executiva da AdP-Águas de Portugal SGPS, S.A.
Nasceu a 31 de Outubro de 1972, em Gondomar.

Habilitações Académicas
Licenciatura em Engenharia Civil, opção hidráulica, pela Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto.

Experiência Profissional
Iniciou a sua atividade profissional em 1997 na empresa Irmãos Cavaco onde desempenhou funções de direção de obra. Em 1999, após curta passagem pelos Serviços Municipalizados de Água e Saneamento de Matosinhos, iniciou funções na APDL - Administração dos Portos do Douro e Leixões, S.A. onde permaneceu até Maio de 2013, tendo desempenhado funções de Chefe de Divisão de Obras. Entre 2013 e 2017 trabalhou na empresa MPDC – Sociedade de Desenvolvimento do Porto de Maputo, em Moçambique, onde desempenhou funções de Diretor de Engenharia e membro do Conselho Executivo da empresa. Entre 2017 e 2020 foi Administrador Executivo das empresas Águas do Douro e Paiva, S.A. e SIMDOURO, S.A. É, desde 4 de maio de 2020, Administrador Executivo na AdP - Águas de Portugal, SGPS, S.A..

Prémios Atribuídos
Prémio Nacional de Engenharia Civil por ter apresentado o melhor estágio de admissão à Ordem dos Engenheiros em 1999.

Júlia Seixas

Professora e Presidente do DCEA, FCT UNL
Coordena o grupo Energia e Clima, do centro de investigação CENSE, dedicado à transição de sistemas energéticos para a neutralidade do carbono e resiliência climática. Membro da Comissão Científica do Programa de Doutoramento em Alterações Climáticas e Políticas de Desenvolvimento Sustentável. Coordena o Climate-KIC Hub Portugal desde 2016. É presidente do Departamento de Ciências e Engenharia do Ambiente desde 2017. Mais de 70 publicações em revistas científicas internacionais. Coordena estudos de suporte a políticas públicas de mitigação climática há mais de 20 anos.

Luís Alveirinho

CTO da Altice Portugal
Luís Alveirinho iniciou o seu percurso na PT em 1996, tendo desempenhado diversas funções de gestão em áreas como Gestão de Redes, Planeamento e Engenharia e tendo assumido, em 2015, a responsabilidade pela Direção de Engenharia e Operações de Rede da Altice PT. Entre julho de 2011 e julho de 2013, desenvolveu carreira internacional na Oi Telemar Brasil como diretor de Desenvolvimento, Implementação e Engenharia de Rede e, entre 2010 e 2011, foi Membro do Conselho de Administração da Portugal Telecom Inovação. Em 2017 foi distinguido com o Individual Award do FTTH Council Europe pela sua contribuição para a adoção de redes e tecnologias FTTH na Europa e em 2019 recebeu do Broadband World Forum o prémio de “Innovator of the Year”. Com uma experiência profissional de mais de três décadas, foi nos CTT, em 1983, que iniciou a sua carreira na Direção de Planeamento de Rede de Telecomunicações. É licenciado em Engenharia Eletrotécnica (1976-1981) e mestre em Telecomunicações e Computadores pelo Instituto Superior Técnico (1981-1983).

Luís Urmal Carrasqueira

Managing Director, SAP Portugal
É Diretor Geral da SAP Portugal desde julho de 2017. Com uma carreira de 25 anos, sempre desenvolvida no sector das TI, tem como principal missão liderar a estratégia de inovação e crescimento da SAP Portugal e contribuir para o crescimento sustentado das organizações portuguesas através da transformação digital e excelência operacional. Desenvolveu a sua carreira profissional nas áreas de gestão comercial, com contas clientes de diferentes dimensões e sectores de atividade, assim como nas áreas de gestão de alianças, desenvolvimento de negócio e serviços de consultoria. Trabalhou na SAP entre 1996 e 2008, ano em que transitou para a liderança da direção comercial da Capgemini em Portugal e operações em Angola, tendo regressado à SAP Portugal em 2015 para assumir a função de Diretor Comercial e de Alianças. Luís Urmal Carrasqueira, que iniciou a sua carreira profissional na Gestinfor - Gestão, Informática e Formação, é licenciado em Gestão de Empresas pela Universidade Autónoma de Lisboa.

Manuela Botelho

Secretária Geral, APAN
Licenciada em Organização e Gestão de empresas pelo ISCTE, à qual adicionou um conjunto de outras formações importantes ao longo da sua vida profissional. Com mais de 30 anos de carreira, desempenhou funções de elevada responsabilidade nas áreas do marketing, vendas e direção geral em diversas empresas, especialmente do setor alimentar, entre as quais a Compal, Longa Vida, Schweppes, Cadbury e Central de Cervejas. É desde 2005 Secretária Geral da APAN.

Maria José Campos

Administradora Executiva, Millennium bcp
Maria José Campos é licenciada em Engenharia Electrónica e Telecomunicações, pela Universidade de Aveiro. Iniciou a sua carreira profissional como Programadora Sénior na EID, empresa de I&D detida pelo Ministério da Industria (Portugal), entre 1990 e 1994. De 1994 a 1999 foi Responsável pela Direção de IT da Autoridade dos Correios e Telecomunicações de Macau (China). Foi Administradora IT do Banco Comercial de Macau de 1999 a 2001. Em Novembro de 2001 foi nomeada Diretora responsável pelo IT do Bank Millennium SA (Polónia), cargo que ocupou até Julho de 2011, data em que foi designada como Membro do Conselho de Administração. De Julho de 2006 a Julho de 2011 também teve funções como Diretora Responsável pelo IT Europa do Millennium BCP (função ao nível do Grupo). Em 30 de Maio de 2018 foi eleita para exercer funções como Vogal do Conselho de Administração do Banco Comercial Português, sendo atualmente também Vogal da Comissão Executiva do BCP e Presidente do Conselho de Administração da Millennium bcp Prestação de Serviços, ACE. Maria José Campos has a licentiate degree in Electronic Engineering and Telecommunications from Universidade de Aveiro. She started her professional career as a Senior Programmer in EID, an I&D company owned by the Ministry of Industry (Portugal), between 1990 and 1994. From 1994 to 1999 as Head of IT Division Macau Post Office and Telecommunications Authority (China). IT Diretor of Banco Comercial de Macau, from 1999 to 2001. In November 2001 she was appointed Head of IT of Bank Millennium SA (Poland), position held until July 2011, date she was designated as Member of the Board of Directors. From July 2006 to July 2011 also had functions as Diretor in charge for IT Europe of Millennium BCP (function at Group’s level). On 30 May 2018 she was elected as Member of the Board of Directors of Banco Comercial Português, presently she is also Member of the Executive Committee of BCP and Chairman of the Board of Directors of Millennium bcp Prestação de Serviços, ACE.

Margarida Couto

Presidente, Grace e Sócia, Vieira de Almeida
Sócia fundadora da Sociedade de Advogados Vieira de Almeida & Associados (VdA), que integra desde 1988. Atualmente é a Sócia Sénior do Grupo IP & Digital, sendo ainda a sócia responsável pela área de prática dedicada à Economia Social. É frequentemente oradora em conferências relacionadas com as suas áreas de prática e autora de diversos artigos da especialidade. Presidente da VdA Academia, a academia corporativa da firma, na qual é responsável pelo Programa Executivo Women on Boards. CEO da Fundação Vasco Vieira de Almeida. Sócia responsável pelo Programa de Sustentabilidade da VdA, presidindo ao Comité Pro Bono da firma. Presidente do GRACE – Grupo de Reflexão e Apoio à Cidadania Empresarial. Secretária da Mesa do BCSD Portugal – Business Council for Sustainable Development e do Forum Oceano – Associação da Economia do Mar Administradora não executiva dos CTT – Correios de Portugal, SA.

Miguel Eiras Antunes

Partner, Smart City, Smart Nation and Local Government, Deloitte
A consultoria estratégica e de negócios tem sido parte integrante da vida do Miguel Eiras Antunes, desde o momento em que iniciou a sua carreira no início dos anos 90. Desde então, construiu um caminho de excelência e sucesso, desenvolvendo um profundo conhecimento dos desafios de entidades públicas e privadas através do envolvimento em projetos complexos e em grandes iniciativas de transformação de negócios. Sendo muitas vezes visto como visionário, tem sido orador em conferências e eventos globais sobre tendências e perspetivas relativas a Setor Publico, mobilidade, transportes, turismo e sustentabilidade. Desenvolveu ainda fortes ligações com equipas globais e fóruns internacionais ligados ao futuro dos países, regiões e cidades. Atualmente, é líder mundial da prática de Smart City, Smart Nation e Local Government da Deloitte, onde se enquadram, pelos quatro cantos do mundo, atualmente mais de 3000 profissionais. Acumula ainda com esta responsabilidade global, a liderança em Portugal das práticas Sectoriais de Government & Public Services, Transportation, Automotive & Tourism.

Miguel Maya

Presidente da Comissão Executiva, Millenium BCP
Miguel Maya é Presidente da Comissão Executiva e Vice-Presidente do Conselho de Administração do Banco Comercial Português (Millennium bcp). Iniciou a sua carreira no setor bancário no Banco Português do Atlântico tendo-se tornado quadro do Banco Comercial Português em 1990, do qual é Administrador desde 2009. Assumiu a responsabilidade por áreas diversas e participadas do Grupo, incluindo, entre outras, Marketing de Empresas, Inovação e Promoção Comercial, Crédito, Recuperação de Créditos, o Millennium bim em Moçambique, o Banco Millennium Angola, o ActivoBank e a Fundação Millennium. Nasceu em Lisboa em 1964, licenciou-se em Organização e Gestão de Empresas, no ISCTE, realizou o Programa de Alta Direção de Empresas (PADE) na AESE e o Programa Avançado de Formação de Quadros no INSEAD. É casado e tem dois filhos.

Miguel de Castro Neto

Subdiretor, NOVA Information Management School
Miguel de Castro Neto é Professor Auxiliar e Subdiretor da NOVA Information Management School (NOVA IMS) da Universidade Nova de Lisboa, onde criou e lidera o NOVA Cidade – Urban Analytics Lab, dedicado às matérias de cidades inteligentes e analítica urbana. Foi Secretário de Estado do Ordenamento do Território e da Conservação da Natureza nos XIX e XX Governos e Personalidade Smart Cities do Ano 2017 (Green Business Week/Fundação AIP). Fundador e Vice-Presidente da Data Science Portuguese Asssociation e membro da Plataforma para o Crescimento Sustentável. Desenvolve o seu trabalho de investigação e ensino na área da Business Intelligence e das Smart Cities, com destaque para a criação do Mestrado em Gestão do Conhecimento e Business Intelligence da NOVA IMS, atualmente classificado como o “World Best Master Program in Business Intelligence” pelo ranking internacional Eduniversal, onde leciona as unidades curriculares de Business Intelligence.

Nuno Lacasta

Presidente,APA
Nuno Lacasta trabalha em temas ambientais e de desenvolvimento sustentável há cerca de 20 anos, na Europa e nos EUA. Desde 2002 vem desempenhando funções de serviço público, sendo desde Fevereiro de 2012 Presidente do Conselho Diretivo da APA. Entre 2006 – 2012 foi Coordenador do Comité Executivo da Comissão para as Alterações Climáticas (CECAC) e gestor do Fundo Português de Carbono. Entre 2004 e 2007 foi Diretor do Gabinete de Relações Internacionais do Ministério do Ambiente. Nuno Lacasta foi ainda professor convidado de Direito e Políticas de Ambiente na Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa e professor convidado de Direito Comunitário do Ambiente e das Alterações Climáticas no Washington College of Law da American University, Washington, DC. Entre 1998 e 2001 foi assistente convidado em Política Internacional do Ambiente na Universidade de Aveiro. Entre 1998 e 2002, exerceu igualmente atividades de consultoria para a OCDE, ONU e Comissão Europeia. Licenciado em Direito pela Faculdade de Direito de Lisboa, tem um mestrado (LLM) pelo Washington College of Law da American University.

Nuno Saramago

COO, SAP Portugal
É líder de operações da SAP Portugal desde abril de 2019, sendo responsável pela supervisão e otimização das operações, concentrando-se no desenvolvimento e garantia das melhores condições de operacionalização da estratégia de crescimento da empresa em Portugal. Desde 1999 na SAP, Nuno Saramago reúne uma vasta experiência em funções de direção, quer na subsidiária portuguesa como na região da Europa, Médio Oriente e África (EMEA), onde desenvolveu várias funções na área de vendas e desenvolvimento de negócio OEM. Anteriormente, Nuno Saramago desempenhou funções de gestão das alianças com entidades parceiras de software na região de EMEA e também de desenvolvimento de negócio e pré-venda na subsidiária portuguesa. Antes de integrar a SAP, Nuno Saramago desempenhou funções de pré-venda técnica no fornecedor de base de dados relacionais, Informix. Nuno Saramago é formado em Informática de Gestão pelo ISLA, em Lisboa, e tem igualmente uma pós-graduação pelo INSEAD em gestão de parcerias e alianças estratégicas.

Paulo Campos Costa

Diretor de Comunicação de Marca e Marketing, EDP
Licenciou-se em Direito em Lisboa e fez pós-graduação em Propriedade Intelectual e Direitos de Autor. Em 2013, completou o Advance Management Program da Harvard Business School. Em 1988 começa a trabalhar na RTP como jornalista. Em 2002, na Galp, torna-se responsável pela comunicação com os media em Portugal e em Espanha. Em 2004 integra a Comunicação Corporativa da PT. De seguida exerce funções de adjunto de imprensa do Ministro das Obras Públicas, Transportes e Comunicação. Desde 2006 que faz parte dos quadros da EDP onde é atualmente diretor global de Marca, Marketing e Comunicação do grupo, tendo a coordenação das geografias de Portugal, Espanha, Estados Unidos e Brasil. Desde 2015, acumula na EDP Brasil funções de diretor de Marketing, Comunicação e Sustentabilidade e administrador da EDP Comercial. Desde 2019 é também membro da Comissão Executiva da EDP Sucursal de Espanha, tendo a seu cargo as áreas de Marca, Marketing e Comunicação. É ainda administrador da Fundação EDP e vice-presidente da Fundação Luso-Brasileira.

Paulo Lemos

Direção Geral ENV e ex-Secretário de Estado do Ambiente
Licenciado em Direito pela Faculdade de Direito de Lisboa, mini MBA no INDEG/ISCTE. Perito destacado na Comissão Europeia, desde 2017, trabalhando na área da economia circular, ecodesign foi um dos responsáveis pela Estratégia Plásticos e da Diretiva relativa aos plásticos de uso único, contribuiu igualmente para a preparação do European Green Deal. Secretário de Estado do Ambiente de 2013 a 2015. Vogal do Conselho Diretivo da Agência Portuguesa do Ambiente PA e membro do Conselho de Administração da Agência Europeia de Químicos e do Grupo de Alto Nível junto da Comissão sobre Eco-Inovação em 2012. Conselheiro técnico da Representação Permanente de Portugal junto da UE, de 2005 a 2011 nas áreas do clima e ambiente. Presidiu ao Grupo Ambiente do Conselho durante a Presidência portuguesa da UE em 2007. Diretor do Centro de Emprego de Caldas da Rainha de 2002 a 2004. Responsável pela Divisão sub-regional do Oeste da DRAOT - LVT, de 1993 a 2002, e assistente convidado da Universidade Autónoma de Lisboa, de 1993 a 2003. Consultor da DG XI da Comissão Europeia para o Programa Life-Natureza, de 1993 a 1996. Adjunto jurídico e para as relações internacionais do Ministro do Ambiente, de 1991 a 1993, tendo participado Conferência das Nações Unidas sobre Ambiente e Desenvolvimento, em 1992. Foi igualmente membro fundador e presidente do GEOTA, de 1984 a 1986, vice-presidente da Associação Portuguesa para o Direito do Ambiente, de 1990 a 1992, membro da Direcção da Rede Internacional de Direito Ambiental, de 1991 a 1993 e membro Conselho Económico e Social de 1994 a 1996.

Paulo Neves

Responsável pela Área de Sustentabilidade, Millennium bcp
Paulo Neves é quadro do Grupo Banco Comercial Português desde 1989, tendo dividido o seu trajeto profissional entre a atividade seguradora e bancária, em áreas como qualidade tecnológica e comunicação. É, desde 2012, responsável pela área de Sustentabilidade do Millennium bcp, representando o Banco em vários fóruns, nacionais e internacionais, sobre Finanças Sustentáveis. Licenciado em Direito pela Universidade Autónoma, tem uma pós-graduação em Direito da Sociedade de Informação pela Faculdade de Direito de Lisboa, tendo ainda frequentado diversos cursos para executivos na AESE, Porto Business School e ISEG.

Pedro Siza Vieira

Ministro de Estado, da Economia e da Transição Digital
Pedro Siza Vieira nasceu em 14 de julho de 1964. É licenciado em Direito pela Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa (1987). Na sua atividade académica, foi monitor na Faculdade de Direito de Lisboa e Assistente na Universidade Autónoma de Lisboa e ainda, Professor Convidado da Faculdade de Direito da Universidade Católica Portuguesa e da Universidade Nova de Lisboa. Foi ainda formador em pós-graduações e cursos promovidos por diversas instituições, incluindo a Universidade Nova de Lisboa, a Escola do Porto da Universidade Católica Portuguesa e a Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra em matérias como contratação pública, contencioso administrativo, arbitragem, direito bancário, project finance e insolvência. Como advogado, foi sócio da Morais Leitão, J. Galvão Teles e Associados, Sociedade de Advogados e, de 2002 a outubro de 2017, sócio da Linklaters LLP, sendo Managing Partner do escritório de Lisboa desta sociedade, entre 2006 e 2016. Integrou as listas de árbitros do Centro de Arbitragem Comercial da Câmara de Comércio e Indústria Portuguesa, do Instituto de Arbitragem Comercial da Associação Comercial do Porto, da Concórdia (Centro de Conciliação, Mediação de Conflitos e Arbitragem), do Centro de Mediação e Arbitragem da Câmara de Comércio Portuguesa no Brasil e do CREL (Centro de Resolução Extrajudicial de Litígios do Ministério da Justiça e dos Direitos Humanos de Angola). Foi membro da Direção da Associação das Sociedades de Advogados de Portugal e Presidente da Associação Portuguesa de Arbitragem. Integrou vários Grupos de Trabalho responsáveis pela elaboração de anteprojetos legislativos, entre os quais, os que estiveram na origem do Regime Jurídico da Urbanização e Edificação, do Regime da Responsabilidade Civil do Estado e demais pessoas coletivas públicas e da Lei de Arbitragem Voluntária. Foi membro do Conselho Superior dos Tribunais Administrativos e Fiscais e vogal da Comissão Executiva da Estrutura de Missão para a Capitalização de Empresas. Foi Ministro Adjunto e da Economia no XXI Governo Constitucional desde 201

Ricardo Valadares

Diretor de Comunicação, Marca e Sustentabilidade, Millennium bcp
Pós-graduado em Gestão de Bancos e Seguradoras pelo ISEG, iniciou a sua atividade profissional em 1990 como jornalista fundador do diário Público, na área de Economia, Bolsa e Mercados de Capitais. Em 1997 ingressa no BCP, no Marketing da NovaRede e posteriormente Banco Universitário. Entre 1999 e 2004 foi viver para os Estados Unidos, onde exerceu funções diversas no BPCBank USA. De 2004 até ao final de 2006 viveu no Canadá, desempenhando as funções de CEO do BCPBank Canada. Entre 2007 e 2010 foi responsável pela Direção de Banca Direta do Millennium bcp, tendo desempenhado as funções de chefe do Gabinete da Presidência do Banco entre 2011 e 2012. Desde então foi director de Marketing do Private Banking e responsável pela operação do BCP em Macau, sendo actualmente o diretor coordenador de Comunicação do Millennium bcp.

Rosa Monteiro

Secretária de Estado para a Cidadania e a Igualdade
Rosa Monteiro nasceu em Coimbra em 1972. Licenciou-se em sociologia na Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra e fez mestrado em Famílias e Sistemas Sociais no Instituto Miguel Torga, de Coimbra. Doutorou-se em 2011 em Sociologia do Estado, Direito e Administração, na Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra e Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra, com uma dissertação intitulada «Feminismo de Estado em Portugal: mecanismos, estratégias, políticas e metamorfoses». É investigadora do Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra, no Núcleo de Políticas Sociais, Trabalho e Desigualdades, foi docente no Instituto Superior Miguel Torga, em Coimbra e é professora auxiliar na Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra. É perita em Igualdade de Género e estudos sobre as mulheres, reconhecida pelo Instituto Europeu para a Igualdade de Género. Foi vice-presidente da Associação Portuguesa de Estudos sobre as Mulheres entre 2012 e 2015. Integrou as equipas de investigação que avaliaram políticas públicas no domínio da igualdade, designadamente, o II e o III Planos Nacionais para a Igualdade, e a integração da perspetiva da Igualdade de Género nos Fundos Estruturais no anterior quadro comunitário (QREN 2007-2013). Tem desenvolvido projetos de investigação e de investigação ação no domínio das políticas locais de igualdade, dos mecanismos oficiais para a igualdade, e das migrações. Foi vereadora na Câmara Municipal de Viseu entre 2013-2017. Foi técnica especialista para a área da igualdade de género e cidadania no Gabinete do Ministro Adjunto desde 2015 até outubro de 2017. Exerceu no XXI Governo Constitucional as funções de Secretária de Estado para a Cidadania e Igualdade, entre outubro de 2017 e outubro de 1019.

Sofia Reis Jorge

Diretora Executiva de Sustentabilidade, Grupo Altri
Diretora Executiva de Sustentabilidade do Grupo Altri desde Outubro de 2019, é responsável pela definição e implementação da politica e estratégia de sustentabilidade transversal do grupo, incluindo a proposta de objetivos e metas de sustentabilidade corporativos, dinamizando a sua operacionalização, em estreito alinhamento com os responsáveis das várias áreas de negócio, reportando a informação não financeira consolidada e promovendo junto de todos os stakeholders do Grupo uma cultura de sustentabilidade assente no equilíbrio entre os 3 pilares do desenvolvimento sustentável: Económico, Ambiental e Social. Licenciada em Engenharia Química pela Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra (1995), participou em vários programas para executivos, nomeadamente da Católica Lisbon School of Business and Economics e da Porto Business School. Com cerca de 25 anos de carreira profissional ligada ao setor da pasta e do papel, iniciou o seu percurso na Stora-Cell AB Skutskär, Grupo Stora Enso (Suécia) como engenheira do processo. Em 1998 integrou o quadro da Celulose Beira Industrial (Celbi), S.A onde desempenhou várias funções desde Engenheira de Sistemas de Gestão até Diretora de Controlo Técnico e Sistemas de Gestão, sempre em estreita ligação aos temas da sustentabilidade empresarial e responsabilidade social.

Susana Correia de Campos

Head of Corporate Employer Relations and Internal Social Responsibility, Grupo Jerónimo Martins
• Licenciada em Direito.
• Entre 1997  e 1999 trabalhou como representante do Ministério Público e até 2006 exerceu advocacia em sociedade de advogados.
• Em 2006, entrou para o Grupo Carrefour como Responsável pela área de Relações Laborais.
• Em 2008,  entrou para o Grupo Jerónimo Martins como Labour Relations and Internal Social Responsibility Director, funções que mantém até à presente data.
• Casada e mãe de 3 filhos.